26 de fevereiro de 2009

Driossauro

(Atualizado em dezembro de 2015)
Driossauro a um passo de ser capturado por um alossauro faminto
© Michael Skrepnick

O driossauro (do latim "lagarto do carvalho", refletindo o ambiente florestal que possivelmente habitava) viveu no fim do Jurássico, de 155 a 145 milhões de anos atrás, no oeste da América do Norte. Como a maioria dos fósseis encontrados pertence a indivíduos jovens, poderia ultrapassar as medidas de 4,3 m de comprimento e 90 kg.
Possuía pescoço alongado, pernas esguias e cauda comprida e rígida. Seus braços, porém, eram curtos, com cinco dedos em cada mão. Usava o bico córneo para cortar as plantas que cresciam próximo ao chão. Com pernas fortes e a cauda de contrapeso, era um ágil corredor e provavelmente contava com a velocidade para fugir de predadores (que não eram poucos, como o ceratossauro, o estokesossauro, o torvossauro, o alossauro e o ornitoleste). Outros herbívoros que conviveram com o driossauro incluem o camptossauro, o estegossauro e o Othnielosaurus.
Em 1876, Samuel Wendell Williston descobriu seus fósseis no estado de Wyoming, os quais foram nomeados dois anos depois pelo professor Othniel Charles Marsh como Laosaurus altus. Em 1894, Marsh o colocou como um gênero separado, Dryosaurus. Desde então, vários outros materiais foram recuperados também em outros estados norte-americanos, o que nos fornece um conhecimento relativamente amplo sobre sua anatomia e suas fases de crescimento.

Classificação científica:
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Superordem: Dinosauria
Ordem: † Ornithischia
Subordem: † Ornithopoda
Família: † Dryosauridae
Gênero: † Dryosaurus
Espécie: † Dryosaurus altus


© Mundo Pré-Histórico
© Sergey Krasovskiy
Reconstruções de driossauro e ceratossauro no Museu Carnegie de História Natural, Pittsburgh, EUA.

Fontes: Wikipedia (versão em inglês), Prehistoric Wildlife e Enciclopédia dos dinossauros e da vida pré-histórica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários passam por aprovação do autor.
Comentários inapropriados ou ofensivos não serão publicados.
Críticas e sugestões são bem-vindas.