9 de julho de 2015

Mosassauro

© Thomas Miller

O mosassauro ("lagarto do rio Mosa") é um extinto réptil aquático que media de 15 a 18 m de comprimento e pesava até 5 toneladas. Entre 70 e 66 milhões de anos atrás, nadou pelos mares que cobriam a Europa Ocidental e a América do Norte no fim do Cretáceo. Foi um dos últimos animais de sua família (Mosassaurídeos) e também um dos maiores.
Possuía membros modificados em nadadeiras, um corpo robusto e uma mandíbula poderosa. Sua cauda forte, movimentada lateralmente, provia grande impulso, enquanto as nadadeiras, mantidas junto ao corpo, davam estabilidade. No entanto, sua visão binocular era fraca, assim como seu olfato, o que faz os cientistas acreditarem que o mosassauro viveu perto da superfície do oceano, onde caçava peixes, tartarugas, amonites, plesiossauros e outros mosassaurídeos, raramente aventurando-se em águas mais profundas. Um réptil marinho que subia à superfície para respirar tinha um grande potencial para se tornar uma refeição; bastava o mosassauro espreitá-lo por baixo e atacá-lo subitamente.
Foi o primeiro gênero da família Mosasauridae a ser nomeado: sua descoberta ocorreu em 1764, nos Países Baixos, próximo ao Mosa, um dos principais rios europeus; seu descobridor, o tenente Jean Baptiste Drouin. Durante anos foi considerado uma espécie desconhecida de baleia ou crocodilo, até Georges Cuvier afirmar, em 1808, que tratava-se de um ser extinto. William Conybeare o batizou em 1822.

Classificação científica:
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Ordem: Squamata
Família: † Mosasauridae
Tribo: † Mosasaurini
Gênero: † Mosasaurus
Espécies: † Mosasaurus hoffmannii, † M. missouriensis, † M. conodon e † M. lemonnieri

© Mundo Pré-Histórico
Esqueleto de M. hoffmannii exposto no Museu de História Natural de Maastricht, Países Baixos
Publicada no livro História natural da montanha de Saint-Pierre de Maastricht, a gravura de G. R. Levillaire mostra, de forma romântica, trabalhadores movendo uma laje de pedra contendo o crânio do primeiro mosassauro. A descoberta levou às especulações iniciais de Georges Cuvier sobre a possibilidade de espécies se tornarem extintas.

Fontes: Mental FlossWikipedia (versão em inglês) e Prehistoric Wildlife.

25 comentários:

  1. poxa, ótimo trabalho o seu, vou divulgar seu blog.

    ResponderExcluir
  2. Eu ficaria muito agradecido. Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Esse dinossauro é um dos que aparece no filme Jurassic World!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente. Porém, no filme eles exageraram um pouco no tamanho do animal (que, aliás, não é um dinossauro, mas um réptil marinho). ;)

      Excluir
    2. Esse filme é um dos meus preferidos;o mosassauro tambem!!

      Excluir
    3. O que aparece no filme não é um Mesossauro, mas um Liopleirodon tb chamado de Predador-x. Que foi o maior animal carnívoro que já habitou a terra junto com o Megalodonte.

      Excluir
    4. É certo que algumas características do animal foram alteradas, mas, de acordo com o próprio filme e o site oficial de Jurassic World, ele é um mosassauro.

      Excluir
    5. Não parece um Mosassauro, tá muito parecido com o Predador-X, Aquela mandíbula poderosas e daquele tamanho, nunca que seria um mosassauro.

      Excluir
    6. O "PREDADOR-X" referido por você, não é o Liopleurodon férox, mas uma outra espécie de pliossauro denominada: Pliosaurus funkei. Já o réptil marinho de Jurassic World é o Mosasaurus hoffmanni, que no filme está com 18 metros de comprimento, o que confere com as últimas descobertas sobre o bicho, o tamanho dele está registrado no site oficial. Embora um dos produtores do filme tenha dito que ele chagava há 24 metros, Jack Horner disse que ninguém sabe exatamente qual o limite máximo do tamanho do mosassauro.

      Excluir
    7. Felipe bampi o tamanho do animal no filme esta serta

      Excluir
  4. O megalodonte ganharia do mosassauros numa batalha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Megalodon era um tubarão que viveu tempos depois da Era Mesozóica.

      Excluir
    2. não!!!!!!!!!!!!!!

      Excluir
  5. Isso me ajudou muito para fazer deveres de casa e tambem um dos dinossauros q mais gosto é esse so que o mais legal e o piterossauro só não sei se escrevi certo esses nomes de dinossauros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal! Mas só uma coisinha: o mosassauro e os pterossauros não são dinossauros. Dinossauros são apenas animais terrestres.
      Muito obrigado e que bom que a postagem ajudou!

      Excluir
    2. O correto é "Pterossauro" e ele teoricamente, não é um dinossauro, mas uma espécie de réptil voador já extinto. O Pterossauro não é da mesma linhagem dos dinossauros e nem tem as mesmas características do grupo, só que o pessoal embarca na ideia pq alguns filmes hollywoodianos distorcem as verdades.

      Excluir
  6. Oi sou eu Paulo do blog Paulo e a pré história, gostei muito da sua postagem, estou pensando em fazer uma postagem sobre um réptio marinho e acho que será o mosasauro. Seu trabalho é muito bom, ótima postagem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faz um sobre o Predador-x, esse sim foi o rei dos mares, o maior carnívoro que já viveu na terra. Ele praticamente não tinham predadores e podia se alimentar inclusive de dinossauros.

      Excluir
    2. Visite essa postagem:

      https://mundopre-historico.blogspot.com.br/2014/05/pliossauro-o-tiranossauro-dos-mares.html

      Lá eu falo um pouco sobre o Pliosaurus e o Predador X. ;)

      Excluir
    3. O "PREDADOR-X" é na verdade o Pliosaurus funkei.

      Excluir
  7. Meu filho escolheu o Mosassauro para apresentar um trabalho na escola, a principio achamos que era um dinossauro, porém com sua explicação iremos perguntar se podemos usar este réptil extinto na apresentação. Muito obrigada, perfeito.

    ResponderExcluir

Todos os comentários passam por aprovação do autor.
Comentários inapropriados ou ofensivos não serão publicados.
Críticas e sugestões são bem-vindas.