2 de fevereiro de 2010

Mastodonte

O mastodonte (gênero Mammut) viveu em toda a América durante o Pleistoceno, extinguindo-se há 10 mil anos. Alcançava 7 toneladas e 3 m na altura, sendo que as fêmeas eram um pouco menores. Comiam vegetação macia, como folhas e ramos, nos campos e florestas.
O mastodonte diferencia-se do mamute (Mammuthus) pelo período em que viveram e o formato dos dentes, que no mastodonte são mais cônicos e adaptados para mastigar plantas moles. Suas presas de marfim chegavam a ter 5 m de comprimento, e a carne do animal foi um importante alimento para os primeiros povos que chegaram à América do Norte.
Os primeiros fósseis de mastodonte foram encontrados perto dos rios Hudson e Ohio, nos Estados Unidos. O gênero Mammut é por vezes referido pelo sinônimo informal Mastodon

Classificação científica:
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Proboscidea
Família: Mammutidae
Gênero: Mammut
Espécies: Mammut americanum (mastodonte-americano), M. matthewiM. raki e M. cosoensis

2 comentários:

  1. ele era menor que o mamute lanudo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, os mastodontes eram um pouco menores que o mamute-lanoso, que media até 3,4 m de altura nos ombros.

      Excluir

Todos os comentários passam por aprovação do autor.
Comentários inapropriados ou ofensivos não serão publicados.
Críticas e sugestões são bem-vindas.