8 de agosto de 2013

Gigantspinossauro, o lagarto de espinhos gigantes

Gigantspinossauro, em primeiro plano, e shunossauros, ao fundo
© Phil Wilson

O gigantspinossauro (do grego, "lagarto com espinhos gigantes") é um dinossauro herbívoro do Jurássico Superior que viveu nas florestas da Ásia há 160 milhões de anos. Seu tamanho é estimado em 4,2 m de comprimento, e o peso, 700 kg, sendo um estegossauro primitivo de porte médio.
Tem uma aparência distinta, com placas dorsais relativamente pequenas e espigões nos ombros muito compridos, dos quais não se sabe, ao certo, a direção em que se projetavam. Eles podem ter fornecido uma defesa adicional contra dinossauros terópodes como o sinraptor e, pelo tamanho exagerado, servido para exibição. A cabeça deve ter sido proporcionalmente grande - embora apenas uma mandíbula com trinta dentes tenha sido encontrada -, os quadris são largos e os membros anteriores, robustos. O que se conhece do gigantspinossauro é apenas um esqueleto parcial de um indivíduo quase adulto, que preservou também impressões de pele no ombro esquerdo.
Foi descoberto em 1985 em Sichuan, na China, mas confundido com o tuojiangossauro. Em 1992, a espécie Gigantspinosaurus sichuanensis foi descrita e nomeada por Ouyang Hui, seu descobridor, referindo-se aos gigantescos espinhos dos ombros e à província em que foi encontrado. Entretanto, para alguns cientistas, este ainda é um gênero incerto.

Classificação científica:
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Superordem: Dinosauria
Ordem: † Ornithischia
Clado: † Thyreophora
Subordem: † Stegosauria
Gênero: † Gigantspinosaurus
Espécie: † Gigantspinosaurus sichuanensis


© Mundo Pré-Histórico


© Green-Mamba
Espinho paraescapular de gigantspinossauro
(Autor desconhecido)

Fontes: Wikipedia (versão em inglês), Prehistoric Wildlife e About.com.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários passam por aprovação do autor.
Comentários inapropriados ou ofensivos não serão publicados.
Críticas e sugestões são bem-vindas.