14 de janeiro de 2017

Tilossauro

Tylosaurus pembinensis
© Vlad Konstantinov

O tilossauro (do grego "lagarto com protuberância") é um réptil marinho mosassaurídeo do Cretáceo Superior. Viveu de 86 a 75 milhões de anos atrás, na América do Norte. Um dos maiores predadores do Mar Interior Ocidental (junto com o Mosasaurus), atingia até 14 m de comprimento.
Possuía um focinho alongado e cilíndrico - característica que lhe rendeu seu nome -, com uma extremidade reforçada e desprovida de dentes. Provavelmente atacava grandes presas colidindo brutalmente com o focinho, a fim de atordoá-las. Para presas menores, a estratégia seria atacá-las por baixo, sem ser visto. Estando no topo da cadeia alimentar, quase nada escapava de seu menu: conteúdos estomacais preservados indicam uma dieta variada, incluindo peixes, tubarões, grandes plesiossauros, aves marinhas como o Hesperornis e até outros mosassauros. Não dispensava, porém, carcaças de animais levadas ao mar, incluindo de dinossauros.
Acredita-se que o tilossauro brigava por território com outros de sua espécie, para evitar competição. Sua cauda longa e lateralmente achatada, constituída por mais de oitenta vértebras, era usada para propelir o animal para frente, enquanto as nadadeiras apenas controlavam a direção do nado.
Fósseis de tilossauro foram encontrados nos estados americanos do Kansas, Alabama e Nebraska. O nome Tylosaurus foi criado por Othniel Charles Marsh em 1872, para incluir o espécime que Edward Drinker Cope havia descrito como Macrosaurus proriger em 1869, além de novos materiais que haviam sido descobertos no Kansas.

Classificação científica:
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Ordem: Squamata
Família: † Mosasauridae
Subfamília: † Tylosaurinae
Gênero: Tylosaurus
Espécies: † Tylosaurus proriger, † T. nepaeolicus e † T. pembinensis

© Mundo Pré-Histórico
"Bruce", espécime do Canadian Fossil Discovery Centre, em Morden, Canadá, é o maior esqueleto de mosassauro em exibição no mundo, com 13 metros.
Ao contrário de ilustrações mais antigas, acredita-se que o tilossauro, assim como outros mosassauros, possuía uma barbatana que tornava sua cauda semelhante à de um tubarão.
© 2003 Raúl Martín

Fontes: Wikipedia (versão em inglês), Prehistoric WildlifeNational Geographic e About.com.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários passam por aprovação do autor.
Comentários inapropriados ou ofensivos não serão publicados.
Críticas e sugestões são bem-vindas.