28 de maio de 2014

Período Cambriano

A paisagem do Folhelho Burgess, Canadá, durante o Cambriano
© 
John Sibbick

O Cambriano, ou Câmbrico, é o primeiro período da era Paleozoica e durou de 542 a 488 milhões de anos atrás. Compreendido entre o período Ediacarano, da era Neoproterozoica, e o período Ordoviciano, de sua era, o Cambriano é dividido em três épocas: Cambriano Inferior, Cambriano Médio e Cambriano Superior, do mais antigo para o mais recente.

Tabela do tempo geológico em escala
© Mundo Pré-Histórico

O nome Cambriano vem de Câmbria, nome antigo do País de Gales, onde foram achados os primeiros estados rochosos deste período. Rochas e fósseis cambrianos são relativamente raros, sendo o Folhelho Burgess, no Canadá, o principal local em que são encontrados.
No Cambriano, a Terra possuía quatro continentes: os três pequenos próximos aos trópicos eram Laurência (parte central da América do Norte), Báltica (leste da Europa) e Sibéria (oeste da Rússia), entremeados pelo Oceano de Jápeto; além desses, havia o supercontinente Gondwana, ao sul. A concentração de dióxido de carbono na atmosfera era cerca de 18 vezes maior do que hoje, a maior em toda a história do planeta. Como o clima era bem quente, não existiam calotas polares, e os níveis d'água eram altos.

Disposição dos continentes no Cambriano
© Dr. Ronald Blakey, Universidade do Norte do Arizona
(Com modificações)


Explosão Cambriana


No Cambriano, vemos uma enorme variedade de trilobitas.

O registro fóssil mostra, pela primeira vez, uma grande diversificação de organismos vivos durante o Cambriano, o que, por ter ocorrido em um espaço de tempo relativamente curto, é conhecido como Explosão Cambriana. Isso não significa que esses seres vivos já não existissem anteriormente, mas ao menos não deixaram vestígios. Em relação à fauna, aparecem os trilobitas, os graptólitos* e os arqueociatos**, além dos primeiros equinodermos, vermes, moluscos, esponjas, artrópodes e cordados, entre muitos outros grupos animais extintos e modernos (mais de 35 filos). Surgem também os primeiros corpos segmentados e com conchas.
As algas ocupavam extensa distribuição e, como seres fotossintetizantes, contribuíam consideravelmente para aumentar a concentração de oxigênio no ambiente. Existia uma variedade de plantas marinhas macroscópicas, embora a terra fosse coberta somente por um aglomerado microbiano de fungos e algas (líquens).

*Graptólitos são organismos animais coloniais que viviam unidos uns aos outros por um esqueleto de colágeno fixo ao fundo do mar.
**Os arqueociatos são animais em forma de cone, semelhantes a esponjas, suportados por um esqueleto interno carbonatado.

Extinção cambriana


Ao final do período Cambriano, em torno de 488 milhões de anos atrás, o planeta passou por sua primeira extinção em massa. Suas causas ainda são desconhecidas, entretanto os cientistas suspeitam de uma queda na temperatura global, que veio a ocasionar a glaciação do final do Ordoviciano.
De qualquer forma, desapareceram 75% das espécies de trilobitas, 50% das espécies de esponjas e uma grande quantidade de graptólitos, braquiópodes*, equinodermos e moluscos. No total, 40% das espécies vivas. A extinção também marcou o fim do domínio dos dinocáridos - artrópodes marinhos semelhantes a camarões que devem ter sido os predadores de seu tempo. Encerrava-se, assim, o Cambriano.


*Muito parecidos com moluscos, os braquiópodes são animais marinhos protegidos por uma concha com duas valvas. Muitas espécies vivem ainda hoje.
Os dinocáridos, como o Anomalocaris, foram os primeiros predadores que já existiram na Terra.
© Aaron John Gregory

Fontes: Brasil Escola, InfoEscola, WikipédiaCiência Online e Enciclopédia dos dinossauros e da vida pré-histórica.

15 comentários:

  1. Eu quero ser paleontólogo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal, é uma profissão muito interessante.

      Excluir
  2. Bela matéria, fascinante ver como o planeta muda e as formas de vida vão se adaptando.

    ResponderExcluir
  3. alguém sabe sobre a vegetação pré-cambriano???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No Pré-Cambriano, não havia vegetação, apenas bactérias e outros organismos unicelulares. Mas pretendo falar mais sobre isso em postagens futuras. Até mais!

      Excluir
  4. Alguem sabe a característica do planeta
    Na era paleozóica e periodo cambriano

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Pedro! Não sei o que você está procurando exatamente, mas a postagem acima já fala um pouco sobre o planeta durante o período Cambriano. Seguindo as setas no final do texto, você pode ler mais sobre a era Paleozoica e cada um dos períodos que a compõem, com características sobre o ambiente terrestre e os seres vivos que viviam por aqui.
      Ok? Até mais.

      Excluir

Todos os comentários passam por aprovação do autor.
Comentários inapropriados ou ofensivos não serão publicados.
Críticas e sugestões são bem-vindas.