19 de agosto de 2009

Paquirrinossauro

(Atualizado em agosto de 2013)

O paquirrinossauro ("lagarto de nariz espesso") viveu na América do Norte no fim do período Cretáceo, há 70 milhões de anos. Media até 3,5 m de altura e 7 m de comprimento, e pesava em torno de 4 t. Os dentes do paquirrinossauro tinham de ser fortes para mastigar as plantas fibrosas das regiões frias que eram seu habitat.
Em vez de enormes chifres, o crânio trazia saliências ósseas ásperas e achatadas, uma grande sobre o focinho e outra menor sobre os olhos, que deveriam ter sido usadas em combates entre os machos. Apenas alguns pequenos chifres projetavam-se do crânio, mas teriam variado em forma e em número conforme a idade, o sexo ou a espécie. É improvável que a saliência maior tenha suportado qualquer tipo de chifre de queratina, como tem sido descrito às vezes.
Esse dinossauro maciço provavelmente andou em grandes manadas, migrando sazonalmente. Seus fósseis foram encontrados no Alasca, EUA, e em Alberta, Canadá. Como esqueletos de adultos estavam junto a de jovens, significa que os paquirrinossauros cuidavam de seus filhotes.

Classificação científica:
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Superordem: Dinosauria
Ordem: † Ornithischia
Subordem: † Cerapoda
Infraordem: † Ceratopsia
Família: † Centrosauridae
Gênero: † Pachyrhinosaurus
Espécie: Pachyrhinosaurus canadensis† P. lakustai e † P. perotorum

© Mundo Pré-Histórico

© Sergey Krasovskiy
Esqueleto de P. perotorum coletado em 2006, no norte do Alasca, em exibição no Museu Perot da Natureza e da Ciência

Fonte: HowStuffWorksWikipedia (versão em inglês) e About.com.

2 comentários:

  1. Ei eu quero ser parceiro !
    vou te colocar no meu blog

    sodinossauros.blogspot.com

    o blog do rárisson

    ResponderExcluir
  2. Queridos amigos do Jurassic - Tem um presente pra vocês na minha página! Espero que gostem do novo personagem do meu Livro a Pena Mágica e o Portal das Fantasias - um dragãozinho criado especialmente - pela admiração que tenho pelo blog de vocês. Claro, que vocês são Ciência, mas gosto de fazer o caminho contrário! Beijos!

    ResponderExcluir

Todos os comentários passam por aprovação do autor.
Comentários inapropriados ou ofensivos não serão publicados.
Críticas e sugestões são bem-vindas.