10 de fevereiro de 2009

Irritator, um probleminha incômodo

© Sergey Krasovskiy

(Atualizado em dezembro de 2014)

Irritator ("irritante") viveu durante o período Cretáceo, há 110 milhões de anos, no nordeste do Brasil. Com base nas proporções de outros espinossaurídeos, é estimado em 8 m de comprimento, 3 m de altura e 2 toneladas.
Sua cabeça era parecida com a do suchomimo e do espinossauro, entretanto possuía uma pequena crista no topo. O focinho muito comprido sugere que sua dieta era constituída principalmente de peixes, mas também comia outros animais e, possivelmente, carniças. A crista é uma indicação de que a musculatura do pescoço era desenvolvida, o que teria sido necessário para o Irritator fechar a mandíbula e retirar a cabeça da água rapidamente, na tentativa de agarrar algum peixe. Suspeita-se que o angaturama, outro espinossaurídeo que viveu no mesmo local, seja sinônimo de Irritator.
Até agora o único fóssil da espécie conhecido é um crânio de 80 cm de comprimento, desprovido da porção anterior, descoberto na Formação Santana, na Chapada do Araripe, Ceará. Esse achado tem uma história revoltante: quando descoberto, foi vendido ilegalmente por traficantes brasileiros de fósseis, que, além disso, completaram as partes que faltavam no material com gesso. Quando os cientistas de um museu alemão o adquiriram, em 1996, tiveram um trabalho enorme para reconstruir suas características originais - daí veio a ideia para o infeliz nome do dinossauro.

Classificação científica:
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Superordem: Dinosauria
Ordem: Saurischia
Subordem: Theropoda
Família: † Spinosauridae
Gênero: † Irritator
Espécie: † Irritator challengeri


© Mundo Pré-Histórico
Este é o fóssil que foi adulterado pelos contrabandistas brasileiros. O local exato de sua descoberta é desconhecido, mas análises da rocha e de micro-organismos preservados nele apontam para a Formação Santana, na Chapada do Araripe.
© 2003 Mineo Shiraishi

Fontes: Wikipedia (versão em inglês) e Prehistoric Wildlife

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários passam por aprovação do autor.
Comentários inapropriados ou ofensivos não serão publicados.
Críticas e sugestões são bem-vindas.