30 de novembro de 2013

Aardonyx

© Julius T. Csotonyi

Aardonyx (do africânder aard, "terra", e do grego onux, "garra", ou seja, "garra da terra") é um dinossauro sauropodomorfo que viveu no período Jurássico de 200 a 195 milhões de anos atrás, nas florestas da África do Sul. Media 7 m de comprimento, 1,7 m nos quadris e pesava cerca de 500 kg.
As características de seus braços e de sua alimentação são intermediárias entre os prossaurópodes e os saurópodes. Assim, ao mostrar como animais bípedes e leves começaram a adquirir características de gigantes quadrúpedes, o Aardonyx se revela um elo entre a evolução dos dois grupos. Era herbívoro e tinha um estilo de vida principalmente bípede, possuía mandíbula estreita, pescoço e cauda longos, cabeça pequena e corpo rebaixado. É importante observar que o Aardonyx já contava com músculos da coxa poderosos e um caminhar lento, típicos dos grandes saurópodes que surgiriam mais tarde.  
Foi descrito com base em apenas ossos desarticulados de dois indivíduos imaturos, perto dos dez anos de idade - por isso os adultos deveriam ser maiores, alcançando 10 m. Descoberto em 2009 por paleontólogos de Joanesburgo, África do Sul, recebeu um nome por Celeste Yates, quem preparou a maior parte do primeiro material fóssil da espécie. O nome (que significa "garra da terra") foi dado pelo fato de que as grandes garras dos pés foram alguns dos primeiros ossos escavados.

Classificação científica:
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Superordem: Dinosauria
Ordem: Saurischia
Subordem: † Sauropodomorpha
Gênero: † Aardonyx
Espécie: † Aardonyx celestae

© Mundo Pré-Histórico
Porção conhecida do esqueleto do Aardonyx
© 2009 Adam Yates
© karkemish00

Fontes: Wikipedia (versão em inglês), About.comThe Evolving Paleontologist e The Huffington Post.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários passam por aprovação do autor.
Comentários inapropriados ou ofensivos não serão publicados.
Críticas e sugestões são bem-vindas.