8 de fevereiro de 2012

Fitossauro

(Atualizado em janeiro de 2014)
(Autor desconhecido)

O fitossauro ("lagarto herbívoro", embora hoje se saiba que era carnívoro) é um réptil muito semelhante a um crocodilo, que media 2 m de comprimento, pesava cerca de 40 kg e vivia na Europa e América do Norte durante o período Triássico, há 200 milhões de anos.
Com uma semelhança notável com os crocodilos modernos no tamanho, na aparência e no estilo de vida semiaquático, o fitossauro, bem como o grupo a que pertence, pode ser considerado um exemplo de evolução convergente*. Uma das características, porém, que diferenciam os dois animais são as narinas, que, no fitossauro, se localizam na testa, e não na ponta do focinho. Na boca estreita, uma fileira de dentes pontiagudos e bem organizados serviam para agarrar pequenos peixes e animais que se aproximavam para beber água.
Extinguiu-se no fim do período Triássico sem razão aparente. Descrito inicialmente por G. Jaeger em 1828, o gênero continua sendo duvidoso. Até 2005 a ordem Fitossauros (Phytosauria) era incluída na superordem Crocodilomorfos (Crocodylomorpha), mas hoje é considerada uma divisão anterior a esta na árvore filogenética.

Classificação científica:
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Infraclasse: Archosauromorpha
Clado: Archosauria
Clado: Crurotarsi
Ordem: † Phytosauria
Família: † Phytosauridae
Gênero: † Phytosaurus
Espécie: † Phytosaurus cylindricodon, † P. cubicodon, † P. doughtyi e † P. scolopax


© Mundo Pré-Histórico
(Autor desconhecido)

*A convergência evolutiva é observada quando a adaptação a modos de vida semelhantes leva organismos pouco aparentados a desenvolverem características semelhantesPor exemplo, as asas dos insetos e as asas das aves têm a mesma função, mas não estão presentes em um ancestral comum aos dois grupos. O mesmo acontece com as nadadeiras dos peixes e as nadadeiras dos golfinhos (que são mamíferos).

Fontes: AVPH e Wikipedia (versão em inglês).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários passam por aprovação do autor.
Comentários inapropriados ou ofensivos não serão publicados.
Críticas e sugestões são bem-vindas.