9 de dezembro de 2011

Leaelinassaura, o dinossauro polar

(Atualizado em setembro de 2014)
É o início de um breve verão polar, e um grupo de leaelinassauras interage em torno de um velha árvore de ginkgo caída
© Laurie Beirne

O leaelinassaura, às vezes chamado de leaelinassauro, cujo nome significa "lagarto de Leaellyn", é um pequeno dinossauro herbívoro do início do Cretáceo (entre 118 e 110 milhões de anos atrás). Pesava 65 kg e media 3,4 m de comprimento e 90 cm de altura nos quadris. Viveu no sudeste da Austrália, que encontrava-se unida à Antártida.
Naquela época, a região estava dentro do Círculo Polar Ártico, embora essa latitude fosse menos fria que hoje. Contudo, por causa da inclinação da Terra, havia longos períodos de luz e noite, sem o sol aparecer durante quatro meses no inverno. Por isso, o leaelinassaura possuía olhos grandes que lhe ajudavam a enxergar em condições de pouca luz. Para resistir ao intenso frio, deveria ter sangue quente.
Estudos da caixa craniana revelam que sua visão era muito desenvolvida e que ele estava entre os dinossauros mais inteligentes. Era um ornitísquio primitivo, pois não havia a presença de tendões ossificados em sua cauda, a qual era incrivelmente longa: três vezes maior que o resto do corpo.
O leaelinassaura é conhecido através de vários espécimes, incluindo dois esqueletos quase completos e dois crânios fragmentários. Foi descrito em 1989 e nomeado em homenagem a Leaellyn Rich, filha do casal de paleontólogos australianos Thomas Rich e Patricia Vickers-Rich, que o descobriram.

Classificação científica:
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Superordem: Dinosauria
Ordem: † Ornithischia
Clado: † Cerapoda
Subordem: † Ornithopoda
Família: (?) † Hypsilophodontidae
Gênero: † Leaellynasaura
Espécie: † Leaellynasaura amicagraphica


© Mundo Pré-Histórico
O leaelinassaura com sua cauda supercomprida
© Niroot P
Leaelinassaura da série Caminhando com os Dinossauros, da BBC
© 1999 BBC

Fontes: Wikipedia (versão em inglês), National Dinosaur MuseumAbout.com e Australian Museum.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários passam por aprovação do autor.
Comentários inapropriados ou ofensivos não serão publicados.
Críticas e sugestões são bem-vindas.