17 de janeiro de 2011

Saichania

(Atualizado em julho de 2014)
(Autor desconhecido)

O Saichania (cujo nome significa "belo" em mongol) viveu no período Cretáceo, há 80 milhões de anos, na Mongólia, Ásia. Media até 6,6 m de comprimento e pesava 4 toneladas. Seus dentes eram pequenos e adequados a uma dieta de plantas macias, que cresciam em um habitat quente e árido: o deserto de Gobi.
Para enfrentar esse ambiente seco, o Saichania deve ter umedecido o ar que respirava usando uma complexa passagem de ar craniana, ou os pulmões e outros tecidos teriam perdido muita água. O calor excedente era dissipado pela transpiração, como um cachorro ofegando em um dia de calor.
Placas ósseas curvas, coleiras ósseas com cristas e grandes espinhos cobriam a cabeça, o pescoço, as costas, a cauda, os membros e inclusive a barriga do Saichania, um dinossauro volumoso e fortemente blindado. Como eram ocas, as placas ósseas não eram tão pesadas. A cauda leve e flexível, dotada de uma clava, era movimentada lateralmente e usada como arma contra os predadores.
O Saichania foi descrito e nomeado pelo paleontólogo polonês Teresa Maryańska, em 1977, baseando-se em um esqueleto parcial com a couraça preservada e ainda disposta como em vida. A maior parte da porção traseira não se conservou. Entretanto, recentemente diversos outros esqueletos parciais foram encontrados, o que facilitou o entendimento sobre o animal.

Classificação científica:
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Superordem: Dinosauria
Ordem: † Ornithischia
Clado: † Thyreophora
Subordem: † Ankylosauria
Família: † Ankylosauridae
Subfamília: † Ankylosaurinae
Gênero: † Saichania
Espécie: † Saichania chulsanensis


© Mundo Pré-Histórico
© DinoStoreus, Inc.
© Andrey Atuchin

Fontes: HowStuffWorks e Wikipedia (versão em inglês).

Um comentário:

Todos os comentários passam por aprovação do autor.
Comentários inapropriados ou ofensivos não serão publicados.
Críticas e sugestões são bem-vindas.