13 de junho de 2010

Stegoceras

Além do Stegoceras (embaixo, no centro), outros dinossauros, como o Edmontonia, o Troodon e o Parasaurolophus, assistem à migração de uma manada de Chasmosaurus. Enquanto isso, um Quetzalcoatlus voa calmamente no céu, ao fundo.
© 2007 Keiji Terakoshi

(Atualizado em março de 2015)

O Stegoceras (do grego "teto com chifres") é um dinossauro paquicefalossaurídeo norte-americano de porte médio - chegava a 2 m de comprimento e 50 kg. Viveu no final do período Cretáceo, de 77 a 74 milhões de anos atrás.
O domo craniano tinha uma superfície relativamente lisa, e sua espessura protegia o cérebro proporcionalmente grande quando os machos competiam entre si dando cabeçadas nas laterais do corpo. Os quadris mais largos seriam outra adaptação para proteger os órgãos internos. O Stegoceras possuía pescoço curvo, pernas muito compridas, cauda rígida e dentes pequenos, curvados e serrilhados, usados para triturar folhas. Órbitas direcionadas para frente sugerem que ele tinha visão binocular (com noção de profundidade) e bem desenvolvida. Protuberâncias ósseas ao redor do domo resguardavam os olhos durante as pancadas.
Stegoceras foi nomeado por Lawrence Lambe em 1902. Seus espécimes foram recuperados em Alberta, Canadá (a maioria no Parque Provincial dos Dinossauros), e no Novo México, EUA. Por seu excelente estado de preservação, têm servido como modelo na reconstrução de outros gêneros de paquicefalossauros.

Classificação científica:
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Superordem: Dinosauria
Ordem: † Ornithischia
Clado: † Marginocephalia
Subordem: † Pachycephalosauria
Família: † Pachycephalosauridae
Gênero: † Stegoceras
Espécies: † Stegoceras validum e † S. novomexicanum

© Mundo Pré-Histórico
© Sergey Krasovskiy
Réplicas de S. validum montadas no Museu Real Tyrrell de Paleontologia, Drumheller, Canadá
O crânio do Stegoceras tinha mais de 7 cm de espessura. Por causa da semelhança de seus dentes, pensaram, no início, que ele fosse o mesmo dinossauro que o trodonte.

Fontes: Wikipedia (versão em inglês), Enciclopédia dos dinossauros e da vida pré-históricaScienceViews.com e ComoTudoFunciona.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários passam por aprovação do autor.
Comentários inapropriados ou ofensivos não serão publicados.
Críticas e sugestões são bem-vindas.