9 de março de 2009

Torossauro

(Atualizado em agosto de 2013)
© Salvat

O torossauro (do latim "lagarto" e do grego "perfurado") era um dinossauro herbívoro e quadrúpede que viveu na América do Norte no período Cretáceo, de 68 a 65 milhões de anos atrás. Pesava de 4 a 8 t, e media em torno de 8 m de comprimento e 2,5 m de altura, sendo que só sua cabeça media 3 m (um dos maiores crânios de animais terrestres).
Os músculos das patas dianteiras e do pescoço do torossauro eram extremamente fortes para aguentar o peso da enorme cabeça. O escudo e os chifres eram ótimas armas de defesa contra predadores, porém eram também utilizados em batalhas entre os machos na disputa pelas fêmeas. Para maior proteção, o torossauro vivia em enormes manadas, mantendo os mais vulneráveis (filhotes, velhos e doentes) no meio. As fileiras de dentes na boca deslizavam entre si e, com isso, o torossauro podia mastigar vegetação dura, como as folhas de samambaias.
Foi descoberto no sudeste de Wyoming, EUA, em 1891, por John Bell Hatcher, e batizado por seu patrão, Othniel Charles Marsh. Mais fósseis vieram de outros estados, mesmo assim eles são relativamente raros no registro fossilífero.

Classificação científica:
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Superordem: Dinosauria
Ordem: † Ornithischia
Subordem: † Cerapoda
Infraordem: † Ceratopsia
Família: † Ceratopsidae
Gênero: † Torosaurus
Espécies: † Torosaurus latus † T. utahensis


© Mundo Pré-Histórico
Reconstrução de torossauro no Museu Público de Milwaukee, Wisconsin, EUA
© Nobu Tamura

Fontes: AVPH e Wikipedia (versão em inglês).


OS CIENTISTAS PODEM ESTAR ERRADOS HÁ MAIS DE 100 ANOS


Um estudo que durou 10 anos, publicado em 2010, propôs que o torossauro era, na verdade, a forma adulta do triceratope, e não uma espécie a parte. A confusão teria sido causada porque esses dinossauros mudavam muito entre a juventude e a fase adulta. Enquanto o triceratope tinha uma "franja" curta, o torossauro tinha uma bem maior e com duas grandes aberturas (fenestras).
Ainda assim, outros cientistas discordam, argumentando que há fósseis tanto de torossauros jovens como de triceratopes adultos e que, com dezenas de crânios conhecidos, essas formas de transição, se existissem, certamente já teriam sido descobertas.

Comparação da forma do crânio dos dois dinossauros

Fontes: Terra e BBC News.

2 comentários:

  1. Anônimo28/2/17

    O Torossauro n tinha o maior crânio,era o Pentacerátops q tinha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você tem razão. Um crânio de Pentaceratops descoberto excedia o tamanho de um de Torosaurus, embora este espécime já tenha sido renomeado como Titanoceratops. Muito obrigado pelo aviso!

      Excluir

Todos os comentários passam por aprovação do autor.
Comentários inapropriados ou ofensivos não serão publicados.
Críticas e sugestões são bem-vindas.