8 de março de 2015

Ictiossauro, o lagarto peixe

© John Sibbick

O ictiossauro (do grego "lagarto peixe") é um réptil marinho do início do Jurássico da Europa (fósseis foram encontrados na Bélgica, Inglaterra, Alemanha e Suíça). Era menor que a maioria de seus parentes, com cerca de 2 m de comprimento e 90 kg, e viveu de 200 a 190 milhões de anos atrás.
Fósseis mostram que as fêmeas não depositavam ovos em terra, como a maioria dos répteis, mas que os filhotes se desenvolviam dentro do corpo da mãe. Quando nasciam, saíam primeiro com a cauda para evitar que se afogassem antes de conseguirem subir à superfície. Apesar de respirar ar puro, o ictiossauro era adaptado para viver exclusivamente na água. Possuía uma barbatana dorsal carnuda e uma grande barbatana caudal, de modo que o formato de seu corpo guardava uma forte semelhança com um peixe. Sua audição era boa: ossos maciços transmitiam vibrações sutis da água para o ouvido interno e ele podia perceber uma presa a distância. Alimentava-se de peixes e lulas. Era a visão, contudo, o principal sentido usado para caçar; tinha grandes e sensíveis olhos, protegidos por escudos ósseos.
Centenas de esqueletos bem preservados foram encontradas em rochas jurássicas da Alemanha, alguns ainda articulados. Isso faz com que Ichthyosaurus seja o gênero mais bem conhecido da ordem Ichthyosauria, que foi assim chamada a partir dele. Sua descoberta ocorreu no início do século XIX, na Inglaterra, pela paleontóloga britânica Mary Anning.

Classificação científica:
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Ordem: † Ichthyosauria
Família: † Ichthyosauridae
Gênero: † Ichthyosaurus
Espécies: † Ichthyosaurus communis, † I. intermedius, † I. breviceps, † I. conybeari e † I. anningae


© Mundo Pré-Histórico
© Raúl Martín
Fóssil de Ichthyosaurus communis no Museu de História Natural de Londres

Fontes: Prehistoric WildlifeWikipedia (versão em inglês) e About.com.

3 comentários:

Todos os comentários passam por aprovação do autor.
Comentários inapropriados ou ofensivos não serão publicados.
Críticas e sugestões são bem-vindas.