13 de abril de 2010

Shuvossauro

(Atualizado em agosto de 2015)
© Nobu Tamura

O shuvossauro ("lagarto de Shuvo") é um antigo réptil com bico que media cerca de 2 m de comprimento. Viveu no final do Triássico, entre 228 e 209 milhões de anos atrás, onde hoje são os Estados Unidos. Por causa de sua boca desdentada e com a porção anterior em forma de bico, é difícil estabelecer se sua dieta era carnívora ou herbívora, ou, possivelmente, ambas.
Inicialmente, foi interpretado como um membro triássico da família de dinossauros Ornithomimidae, que aparece apenas no final do Cretáceo. Porém, a descoberta de seu primo Effigia mostrou que seu parentesco está mais próximo dos crocodilianos, e que a semelhança com os ornitomimídeos deve-se a convergência evolutiva - processo em que animais de linhagens diferentes desenvolvem as mesmas características, devido a ambientes que possuem condições semelhantes.
O gênero Shuvosaurus foi descrito pelo paleontólogo indiano Sankar Chatterjee, em 1993, depois da descoberta de um crânio no Texas por seu filho Shuvo. Outro gênero nomeado por Chatterjee, Chatterjeea, é hoje considerado sinônimo, portanto Shuvosaurus desfrutou de material fóssil adicional (antes atribuído a Chatterjeea) para representá-lo.

Classificação científica:
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Clado: Suchia
Clado: Paracrocodylomorpha
Família: † Shuvosauridae
Gênero: † Shuvosaurus
Espécie: † Shuvosaurus inexpectatus

© Mundo Pré-Histórico
Exposição do Museu da Universidade de Tecnologia do Texas, EUA

Fontes: Prehistoric Wildlife, DinoCheckerWikipedia (versão em inglês).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários passam por aprovação do autor.
Comentários inapropriados ou ofensivos não serão publicados.
Críticas e sugestões são bem-vindas.