4 de maio de 2013

Squalicorax

© 2003 Robert Nicholls

O Squalicorax (do latim e do grego, respectivamente, "tubarão corvo") é um gênero extinto de tubarão do período Cretáceo, que viveu de 105 a 65 milhões de anos atrás, desaparecendo junto com os dinossauros. O comprimento variava de 2 a 5 m, dependendo da espécie, e o peso era em torno de 230 e 450 kg.
Seus dentes eram relativamente pequenos, mas numerosos, semelhantes aos de um atual tubarão-tigre: curvos e serrilhados, de 2,5 a 3 cm. O Squalicorax atacava tartarugas, mosassauros, peixes e outras criaturas, além de se alimentar de animais já mortos (necrofagia), incluindo dinossauros que morressem na água. A forma e a estrutura do corpo indicam que era um nadador rápido, o qual habitava os oceanos de quase todo o mundo.
Um grande número de dentes fósseis de Squalicorax foi encontrado na Europa, no norte da África e na América do Norte; e um esqueleto completo e articulado, com 1,9 m, foi achado no Kansas, EUA. Porém são os dentes que melhor se preservam, porque o esqueleto dos tubarões, cartilaginoso, se degrada facilmente.

Classificação científica:
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Chondrichthyes
Subclasse: Elasmobranchii
Ordem: Lamniformes
Família: † Anacoracidae
Gênero: † Squalicorax
Espécies: † Squalicorax falcatus, † S. kaupi, † S. pristodontus, † S. volgensis, † S. bassanii, † S. curvatus, † S. dalinkevichiusi, † S. primaevus e † S. primigenius


Dente fóssil de Squalicorax

© 2007 MMVII NGHT, Inc./National Geographic

Fontes: Wikipedia (versão em inglês) e About.com.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários passam por aprovação do autor.
Comentários inapropriados ou ofensivos não serão publicados.
Críticas e sugestões são bem-vindas.