23 de abril de 2013

Sismossauro, o lagarto que fazia a terra tremer

© Mark Hallett

O sismossauro (do latim "lagarto" e do grego "sísmico") é um dinossauro herbívoro e quadrúpede que viveu no fim do período Jurássico, entre 156 e 145 milhões de anos atrás, em florestas do sul da América do Norte. Media cerca de 50 m de comprimento e 5,5 m de altura, pesando em torno de 40 t.
Corpo em forma de barril, cabeça pequena, cauda incrivelmente longa e espinha dorsal forte e flexível, sustentada por enormes ligamentos em toda sua extensão, são algumas de suas características. Agitando a cauda como um chicote, o sismossauro conseguiria abater um predador com muita facilidade. Provavelmente andava em bando, com os jovens no centro, para protegê-los. O sismossauro mantinha seu pescoço paralelo ao solo, enquanto comia folhas de coníferas e pteridófitas.
É um dos maiores dinossauros que existiram (ao lado do argentinossauro e do sauroposeidon), no entanto seus fósseis são insuficientes para definir o tamanho exato. Em 1985 foram encontrados restos de sismossauro no estado do Novo México, EUA, que continham mais de 200 gastrólitos - pedras pequenas e redondas que ajudavam os saurópodes a digerir a grande quantidade de alimento que ingeriam (saiba mais em Você sabia que alguns dinossauros comiam pedras?). 

Classificação científica:
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Superordem: Dinosauria
Ordem: Saurischia
Subordem: † Sauropodomorpha
Infraordem: † Sauropoda
Família: † Diplodocidae
Gênero: † Seismosaurus
Espécie: † Seismosaurus hallorum


(Autor desconhecido)

Fontes: AVPH, Enchanted Learning Software, HowStuffWorks e Wikipédia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários passam por aprovação do autor.
Comentários inapropriados ou ofensivos não serão publicados.
Críticas e sugestões são bem-vindas.