22 de novembro de 2011

Goyocephale

(Atualizado em abril de 2015)
© Brian Franczak

O Goyocephale ("cabeça adornada") é um paquicefalossaurídeo que viveu nas florestas da Ásia durante o final do Cretáceo, entre 85 e 70 milhões de anos atrás, onde hoje é a Mongólia. Pesava de 10 a 40 kg e medir cerca de 2 m de comprimento.
Os membros eram delicados, mas a espinha dorsal, reforçada por tendões ossificados ligados às vértebras. Seu crânio achatado e ornamentado por nódulos tem muita semelhança com o do Homalocephale, porém as proporções do corpo os diferenciam. Esses dois herbívoros são uns dos poucos paquicefalossauros sem o típico domo em cima da cabeça. Isso pode indicar que o holótipo do Goyocephale era de um indivíduo imaturo, ou que esse era um gênero mais primitivo. Apenas com descobertas adicionais, entretanto, poderemos ter uma resposta mais certa.
Os fósseis foram encontrados durante uma expedição paleontológica mongol-polonesa ao deserto de Gobi, a espécie, nomeada e descrita por Altangerel Perle, Teresa Maryańska e Halszka Osmólska, em 1982, a partir de um crânio incompleto e fragmentos do esqueleto.

Classificação científica:
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Superordem: Dinosauria
Ordem: † Ornithischia
Clado: † Marginocephalia
Subordem: † Pachycephalosauria
Família: † Pachycephalosauridae
Gênero: † Goyocephale
Espécie: † Goyocephale lattimorei

© Mundo Pré-Histórico
(Autor desconhecido)
© Erik Christpher Omtvedt

Fontes: Prehistoric WildlifeWikipedia (versão em inglês) e HowStuffWorks.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários passam por aprovação do autor.
Comentários inapropriados ou ofensivos não serão publicados.
Críticas e sugestões são bem-vindas.