31 de outubro de 2011

Ictiórnis, um pássaro com dentes

(Autor desconhecido)

(Atualizado em agosto de 2017)

O ictiórnis (que significa "pássaro peixe", devido à semelhança de suas vértebras com as dos peixes) é uma ave marinha extinta, que viveu na América do Norte durante o Cretáceo Superior, entre 95 e 85 milhões de anos atrás. Media 24 cm de comprimento e 43 cm de envergadura (sem considerar a extensão das penas), e pesava cerca de 2 kg.
O mais antigo pássaro com dentes que se conhece, ictiórnis era semelhante a uma gaivota (tanto em aparência como em nicho ecológico), e ajudou os cientistas a entender a evolução das aves. Seus dentes afiados, dispostos somente na porção média do bico, eram pequenos, curtos, estreitos e curvados para trás. As asas eram longas, e as pernas, curtas. O ictiórnis tinha um bico longo que não era uma peça inteiriça de queratina, mas formado por várias placas, como o bico de um albatroz moderno. Alimentava-se de peixes e outros pequenos animais aquáticos que nadavam perto da superfície. A estrutura de suas asas e do osso esterno sugerem uma forte capacidade de voo.
Os primeiros fósseis de ictiórnis foram encontrados em 1870, no centro dos Estados Unidos, por Benjamin Franklin Mudge, e descritos dois anos depois por Othniel Charles Marsh. A representação fóssil dessa ave é dada por amostras múltiplas vindas dos EUA e do Canadá, incluindo indivíduos jovens e adultos.

Classificação científica:
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Clado: Avialae
Clado: Ornithothoraces
Clado: Ornithurae
Gênero: † Ichthyornis
Espécie: † Ichthyornis dispar


© Mundo Pré-Histórico
Espécime quase completo, encontrado em 1970, no Kansas, em exposição no Museu Sternberg de História Natural, em Hays, Kansas, EUA.
(Autor desconhecido)

Fontes: Wikipedia (versão em inglês), About.com e Prehistoric Wildlife.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários passam por aprovação do autor.
Comentários inapropriados ou ofensivos não serão publicados.
Críticas e sugestões são bem-vindas.