26 de março de 2011

Angaturama

© Maurilio Oliveira/Museu Nacional - UFRJ

(Atualizado em dezembro de 2014)

O angaturama (nome que quer dizer "nobre" em tupi, cultura na qual Angaturama é um espírito protetor) é um espinossaurídeo que viveu há 110 milhões de anos, início do Cretáceo, na Chapada do Araripe, Ceará. Chegava a 6 m de comprimento, 2 m de altura e 500 kg.
Possuía as características comuns aos espinossaurídeos, como cabeça muito longa, braços e pernas fortes e narinas na região média da cabeça (como nas aves). O que o diferencia é a pequena crista na ponta do focinho. A cabeça e a dentição - que lembram um crocodilo - são adaptadas para comer peixes. Um achado surpreendente, entretanto, revelou que ele também se alimentava de outros animais: um dente do dinossauro estava junto com fósseis de pterossauro.
Hoje, já conhecemos 60% do esqueleto dessa espécie. Seu nome científico, Angaturama limai, homenageia o falecido paleontólogo Murilo Rodolfo de Lima. É possível que o gênero Angaturama, descrito em 1996 por Alexander Kellner e Diogenes Campos, seja sinônimo de Irritator, outro espinossaurídeo brasileiro incrivelmente semelhante. Estudos mais aprofundados se fazem necessários, mas, se esse for o caso, prevalecerá o nome Irritator, por ter sido registrado antes.

Classificação científica:
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Superordem: Dinosauria
Ordem: Saurischia
Subordem: Theropoda
Família: † Spinosauridae
Gênero: † Angaturama
Espécie: † Angaturama limai


© Mundo Pré-Histórico
O esqueleto do angaturama representou o primeiro terópode brasileiro de grande porte a ser montado no País, além de proporcionar um grande avanço no estudo dos espinossaurídeos, por ser um dos mais completos do mundo dentro do grupo.
Reconstrução feita pelo paleoartista Orlando N. Grillo.

Fontes: Museu Nacional - UFRJInvivo e Wikipédia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários passam por aprovação do autor.
Comentários inapropriados ou ofensivos não serão publicados.
Críticas e sugestões são bem-vindas.