21 de novembro de 2010

Telicomys

O Telicomys (nome do grego que significa "roedor de grande porte") foi um dos maiores roedores que já existiram (junto com o Josephoartigasia, o Phoberomys e o castor gigante), com 2 m de comprimento, do tamanho de uma vaca. Viveu há 5 milhões de anos, durante o Plioceno, no Brasil e na Argentina. Sua massa era de 250 kg.
Seus dentes incisivos (dentes da frente, que cortam e prendem a comida) chegavam a 3 cm de largura e nunca paravam de crescer, e possuía oito dentes molares poderosos (dentes do fundo), com os quais moía todas as plantas roídas pelo mamífero. O Telicomys tinha patas largas, adaptadas para andar em terra ou nadar, como as capivaras hoje.
O parente vivo mais próximo do Telicomys é a pacarana, um roedor que habita a região amazônica.

Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Rodentia
Subordem: Hystricomorpha
Família: Dinomyidae
Gênero: Telicomys
Espécies: Telicomys giganteus, T. gigantissimus e T. amazonensis
Fontes: Avph e Wikipédia.
Imagens: Avph, Zoologist.ru e PaleoArgentina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos os comentários passam por aprovação do autor.
Comentários inapropriados ou ofensivos não serão publicados.
Críticas e sugestões são bem-vindas.