4 de maio de 2010

Maiassauro, uma mãe cuidadosa

© James Kuether

(Atualizado em janeiro de 2016)


O maiassauro (nome de origem greco-latina que significa "lagarto boa mãe") é um grande dinossauro herbívoro do final do Cretáceo. Viveu entre 77 e 76 milhões de anos, nos Estados Unidos. Media até 9 m de comprimento, 3 m de altura e pesava em torno de 4 toneladas. Este hadrossauro ajudou a esclarecer alguns aspectos relacionados à conduta materna dos dinossauros.
Tinha um bico chato, típico dos hadrossauros, e um nariz espesso. Uma pequena elevação óssea em frente aos olhos pode ter sido usada pelos machos durante as brigas por fêmeas. Entretanto, parece não ter qualquer defesa contra predadores, a não ser, talvez, sua cauda musculosa e seu comportamento gregário. Manadas com cerca de dez mil indivíduos migravam sazonalmente de norte a sul pela América do Norte.
Provavelmente, o braquilofossauro era seu parente próximo. Hipacrossauro era outro hadrossauro que conviveu com ele. Mas nesse ambiente do Cretáceo também havia predadores, como o daspletossauro e o trodonte.

Foto: Centro de Dinossauros de Wyoming, Thermopolis, EUA

Em 1978, a descoberta de uma colônia de nidificação, com vestígios de ninhos com ovos, embriões e bebês, revelou que o maiassauro protegia e alimentava suas crias. O local, em Montana (EUA), ficou conhecido como Egg Mountain, "Montanha dos Ovos". Essas foram as primeiras evidências de que os dinossauros realmente cuidavam de seus filhotes depois que estes nasciam. Os recém-nascidos eram incapazes de andar; depois, até certa idade, caminhavam sobre duas patas; e os adultos, por fim, eram quadrúpedes. Mais de 200 espécimes de maiassauro, de todas as faixas etárias, já foram encontrados. Em 1979, Jack Horner e Robert Makela realçaram a importância da descoberta ao vincular o novo dinossauro à deusa grega Maia, a "boa mãe".

Classificação científica:
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Reptilia
Superordem: Dinosauria
Ordem: † Ornithischia
Subordem: † Ornithopoda
Família: † Hadrosauridae
Subfamília: † Saurolophinae
Tribo: † Brachylophosaurini
Gênero: † Maiasaura
Espécie: † Maiasaura peeblesorum


© Mundo Pré-Histórico
 
Em uma colônia de maiassauros, os ninhos eram cavados na terra e construídos próximos uns dos outros. Continham de 30 a 40 ovos do tamanho de um ovo de avestruz, arranjados em círculos. A incubação ocorria pelo calor resultante da decomposição da matéria vegetal trazida pelos pais.
© John Sibbick
Reconstrução de maiassauro emergindo do ovo, feita pelo paleontólogo americano Jack Horner.
Foto: Museu das Montanhas Rochosas, Bozeman, Montana, EUA

Um comentário:

  1. Parabéns seu blog foi digno do Selo Supremo, pegue-o no link abaixo.

    http://dinosaurus-tozar.blogspot.com/2010/05/2-selo.html

    ResponderExcluir

Todos os comentários passam por aprovação do autor.
Comentários inapropriados ou ofensivos não serão publicados.
Críticas e sugestões são bem-vindas.